Não despertar preconceito doutrinário (João 16:12)

[O apóstolo Paulo] não se aproximou dos judeus de maneira a despertar seus preconceitos. Ela não correu o risco de torná-los seus inimigos, falando-lhes nos primeiros contatos que eles deviam crer em Jesus de Nazaré; mas enfatizou as promessas do Antigo Testamento, o qual testificava de Cristo, Sua missão e Seu trabalho. Assim, ele os conduziu passo a passo, mostrando-lhes a importância de honrar a Lei de Deus. Também atribuiu a devida honra à lei cerimonial, mostrando que Cristo foi Aquele que instituiu todo o sistema do serviço sacrifical. Depois de enfatizar essas coisas, manifestando que tinha clara compreensão delas, ele os levou ao primeiro advento de Cristo e provou que no Jesus sacrificado todas as especificações das profecias foram cumpridas. Essa foi a sabedoria exercida por Paulo.

No caso dos gentios, ele se aproximou não exaltando primeiramente a Lei, mas exaltando a Cristo; então mostrou as reivindicações da Lei. Mostrou-lhes muito claramente como a luz da cruz do Calvário deu significado e glória a todo o sistema judaico. Assim, ele variou a forma de trabalhar, sempre adaptando sua mensagem às circunstâncias sob as quais se encontrava. Embora, depois de paciente trabalho ele tivesse obtido grande êxito, muitos não foram convencidos. Há alguns que nunca serão convencidos por nenhuma apresentação da verdade. Apesar disso, o obreiro de Deus deve estudar cuidadosamente o melhor método, a fim de que não suscite preconceito nem combatividade nos seus ouvintes.

Cristo disse aos discípulos: “Tenho ainda muita que lhes dizer, mas vocês não o podem suportar agora” (João 16:12). Como resultado de sua educação anterior, suas ideias sobre muitos pontos de vista eram incorretas, e eles não estavam preparados para compreender e receber algumas coisas que Ele devia ensinar. Suas instruções confundiriam a mente deles, e suscitaria questionamentos e descrença que seria difícil remover.

Cristo atraía a Si o coração de Seus ouvintes pela manifestação de Seu amor; então, pouco a pouco, à medida que eram capazes de absorver, Ele descortinava para eles as grandes verdades do reino. Também devemos aprender a adaptar nossos esforços à condição das pessoas – encontrando-as onde estão. Embora as reivindicações da Lei devam ser apresentadas ao mundo, não devemos nos esquecer de que o amor de Cristo é o único poder que pode suavizar o coração e levar à obediência. Todas as grandes verdades das Escrituras se centralizam em Cristo e, corretamente compreendidas, levam a Ele. Seja Cristo apresentado como o alfa e o ômega, o princípio e o fim do grande Plano da Redenção. Apresentemos tais assuntos às pessoas, enquanto fortalecem sua confiança em Deus e em Sua Palavra; deixemos que elas investiguem Seus ensinamentos por si mesmas. Enquanto avançam, passo a passo, no estudo da Bíblia, serão mais bem preparadas para apreciar a beleza e a harmonia de suas preciosas verdades.

Os obreiros de Deus devem ter amplitude de caráter. Não devem ser homens de um ideia, estereotipados em sua maneira de trabalhar. Precisam ser capazes de variar os esforços, satisfazer as necessidades das pessoas em diferentes circunstâncias e condições. Deus deseja que Seus servos, jovens e idosos, estejam em contínuo crescimento, aprendendo melhor como ministrar às necessidades de todos. Não devem se acomodar, pensando que seus métodos são perfeitos e que outros devem trabalhar de acordo com o que eles fazem.
Ellen White, “Review and Herald” – 25/11/1890

Os obreiros de Deus devem esforçar-se por ser homens multilaterais; isto é, devem ter amplitude de caráter. Não devem ser homens de visão acanhada, estereotipados com uma única maneira de trabalhar, presos aos mesmos costumes e incapazes de ver e perceber que suas palavras e a defesa que fazem da verdade têm que variar com a classe de gente com que têm de lidar e com circunstâncias que surgem” (Mente, Caráter e Personalidade, capítulo 6 – “Normalidade sadia”).

Anúncios

Sobre Ligado na Videira

Ligado na Videira
Esse post foi publicado em Ligado na Videira, Review and Herald e marcado , , . Guardar link permanente.

Escreva um comentário. Compartilhe sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s