Um Verso Difícil de Traduzir – Gênesis 4:7 (O Pecado de Caim)

Leia e Compreenda Melhor a Bíblia, de Pedro Apolinário.

Se procederes bem, não é certo que serás aceito? Se, todavia, procederes mal, eis que o pecado jaz à porta; o seu desejo será contra ti, mas a ti cumpre dominá-lo”.

“A mensagem da Bíblia expressa-se em linguagem oriental. No seu modo de viver e pensar, o oriental é diametralmente oposto ao homem do ocidente, fato este que constitui grande barreira à compreensão e interpretação de muitos trechos das Escrituras” (Edith A. Allen).

Há versículos na Bíblia, diante dos quais os tradutores ficam perplexos, porque se sentem incapazes de transmitir com clareza a mensagem neles contida. Um verso que bem ilustra estas dificuldades é Gênesis 4:7. [“Se procederes bem, não é certo que serás aceito? Se, todavia, procederes mal, eis que o pecado jaz à porta; o seu desejo será contra ti, mas a ti cumpre dominá-lo”]. Os problemas que ele apresenta são de tal vulto, que notáveis comentaristas modernos creem que algum copista tenha modificado o texto hebraico original. O Novo Comentário da Bíblia, editado por Russell P. Schedd, declara: “O hebraico, neste texto, é tremendamente difícil”.

No hebraico está literalmente: Não é que, se ages bem, elevação, e se não ages bem, à tua porta o pecado (feminino) dormindo (masculino) e para ti sua (masculino) cobiça e tu o dominarás.

Em virtude do seu gênero, os pronomes hebraicos para “seu” e “ele” não podem pertencer ao pecado à espreita, mas sim, precisam ser tomados como se referindo a Caim.

A sua tradução para a Septuaginta é obscura e inaceitável, por isso o Comentário Adventista afirma sobre este verso: “Que os tradutores da Septuaginta acharam sua significação obscura no seu tempo é evidente da tradução deturpada que dele fizeram”.

Esta passagem está tão estritamente ligada com o texto precedente, que é necessário volvermos a atenção para ele por um momento, antes de qualquer explicação. Caim e Abel trouxeram uma oferta para Deus segundo suas respectivas ocupações: o primeiro, “do fruto da terra”; o segundo, “das primícias do seu rebanho, e da gordura deste”. A atenção dada pelo Senhor à oferta de um e de outro foi distinta, fazendo com que Caim ficasse encolerizado, e, como consequência natural, apareceu deprimido. O Senhor o advertiu com significativa pergunta: “Por que andas irado? E por que descaiu o teu semblante?”, e acrescenta, no verso em discussão: “Se procederes bem, não é certo que serás aceito? Se, todavia, procederes mal, eis que o pecado jaz à porta; o seu desejo será contra ti, mas a ti cumpre dominá-lo” (Almeida Revista e Atualizada no Brasil).

A Bíblia de Jerusalém, após traduzi-lo assim – “Se estivesses bem disposto, não levantarias a cabeça? Mas se não estás bem disposto não jaz o pecado à porta, como animal acuado que te espreita; podes acaso dominá-lo?” – acrescenta a seguinte nota de rodapé: “Tradução aproximada de um texto corrompido”.

Lázaro Ludovico Zamenhof (1859-1917) assim o traduziu para o Esperanto: “Sem dúvida, se agires bem serás forte, mas, se agires mal, o pecado jazerá à porta, e ele a ti pretenderá; mas governa acima dele”.

Sem nos demorar em longas dissertações exegéticas e textuais que os especialistas apresentam, cremos que o essencial é o seguinte:

Deus está advertindo Caim do seu procedimento, porque um terrível ato pecaminoso estava próximo, e, em linguagem figurada, o apresenta como um animal feroz, esperando saltar sobre ele. Em outras palavras, o Senhor lhe estava dizendo: ‘Se fizeres bem, em lugar deste semblante abatido, naturalmente erguerias a cabeça e terias um semblante alegre como aqueles que agem com propósitos elevados. Mas, se não fizeres o bem, e continuares alimentando ódio contra teu irmão, por sua oferta ser aceita e a tua rejeitada, o pecado descerá à tua porta como um animal feroz por sua presa. Serás infalivelmente uma vítima de tua pecaminosa paixão. O pecado deseja dominar-te, mas não deves temê-lo, porque o Senhor te concederá poder para enfrentá-lo e sair vitorioso’. Por não ter dado a mínima atenção à advertência divina, uma sangrenta tragédia se seguiu: o bárbaro assassinato de seu irmão. Após o ato consumado, o Senhor disse a Caim: “A voz do sangue de teu irmão clama da terra a Mim”.

O castigo por fazer a própria vontade e não a vontade divina está relatado nos versos 11 e 12 do mesmo capítulo.

Comparando-o em várias traduções e pesquisando o que dele disseram os comentaristas, eis uma tentativa que fiz para o traduzir:

‘Se você for bom, poderá reerguê-lo (o semblante), mas se não for, o pecado, como um animal bravio, está à sua porta, ansioso para dominá-lo, mas você o poderá vencer’.

Veja outros capítulos deste livro – clique aqui.

Veja, também de Pedro Apolinário, “Explicação de Textos Difíceis da Bíblia” – clique aqui.

 

Anúncios

Sobre Ligado na Videira

Ligado na Videira
Esse post foi publicado em Leia e Compreenda Melhor a Bíblia, Pedro Apolinário e marcado , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Um Verso Difícil de Traduzir – Gênesis 4:7 (O Pecado de Caim)

  1. Pingback: Prefácio de Leia e Compreenda Melhor a Bíblia, de Pedro Apolinário | Ligado na Videira

  2. Linus disse:

    “Em virtude do seu gênero, os pronomes hebraicos para “seu” e “ele” não podem pertencer ao pecado à espreita, mas sim, precisam ser tomados como se referindo a Abel.”
    Têm certeza que é a Abel e não a Caim?

  3. Interessante, mas, a interpretação descrita dá muita volta pra falar a mesma coisa.
    Como dizemos no meio teológico:
    “Texto fora de contexto, e mero pretexto.”
    O certo é o errado se refere ao sacrifício, ser aceito se refere ao fato da ação com base na fé. Isso é evidente em textos paralelos como Hebreus 11:4 por exemplo.

    • Marcelo Victor disse:

      PERDOE-ME, MAS, TERIA DEUS MAIS PRAZER EM OFERENDAS DO QUE NOS SENTIMENTOS DO CORAÇÃO DOS HOMENS?
      NÃO É ISSO QUE A BÍBLIA DIZ:
      1 Samuel 15:22-23
      Contudo, Samuel declarou: “Agrada-se mais a Yahweh com holocaustos e sacrifícios do que com a sincera obediência à sua Palavra? De modo algum, a obediência é melhor do que o sacrifício, e a submissão do coração mais do que a gordura dos carneiros. Porquanto a rebeldia é como o próprio pecado da feitiçaria, e a arrogância como o mal da idolatria! Porque rejeitaste a Palavra de Yahweh, Ele também o rejeitou como rei do seu povo!”

      Mateus 12:7
      Entretanto, se vós soubésseis o que significam estas palavras: ‘Misericórdia quero, e não holocaustos’, não teríeis condenado os que não têm culpa.

      Marcos 12:33
      E que amar a Deus de todo o coração e de todo o entendimento, e com todas as forças, bem como amar ao próximo como a si mesmo é muito mais importante do que todos os sacrifícios e ofertas juntos”.

      Hebreus 10:6
      de holocausto e ofertas pelo pecado não te agradaste.

      Gênesis 4:4
      Abel, por sua vez, ofereceu as primícias e a gordura de seu rebanho. Ora, o SENHOR aceitou com alegria a Abel e sua oferta.

      1 Samuel 13:13
      Ao que replicou-lhe Samuel: “Agiste como um insensato! Tu não obedeceste à ordem que Yahweh teu Deus de dera. Se tivesses obedecido, Yahweh teria estabelecido o teu reino para sempre sobre todo o Israel,

      Salmos 40:6
      Fizeste-me compreender que nem oferendas e sacrifícios desejaste; não requereste de mim holocaustos para remir meus pecados.

      Salmos 51:16
      Não te deleitas em sacrifícios nem te comprazes em oferendas, pois se assim fosse, eu os ofereceria.

      Salmos 51:17
      O verdadeiro e aceitável sacrifício ao Eterno é o coração contrito; um coração quebrantado e arrependido jamais será desprezado por Deus!

      Provérbios 21:3
      Praticar o que é justo e certo é mais aceitável ao SENHOR do que o oferecimento de sacrifícios.

      Eclesiastes 5:1
      Cuida dos teus passos e sê reverente quando adentrares o Santuário, a Casa de Deus. Aproximar-se para ouvir vale muito mais que os vários sacrifícios oferecidos pelos tolos, ainda que não percebam o mal que estão fazendo.

      Isaías 1:11
      Indaga o SENHOR: “Que me importam os vossos inúmeros sacrifícios? Para que me trazeis tantos holocaustos? Eis que estou farto de sacrifícios queimados de carneiros e da gordura de novilhos cevados. Ora, não tenho nenhum prazer no sangue de novilhos, cordeiros e bodes!

      Jeremias 7:22
      Porque Eu não disse e nem prescrevi nada a vossos antepassados, no dia em que vos fiz sair da terra do Egito, em relação ao holocausto e ao sacrifício.

      Jeremias 7:23
      Entretanto, Eu lhes ordenei o seguinte: Escutai a minha voz povo meu! Eis que Eu serei o vosso Deus e vós sereis o meu povo. Andai em todo caminho que Eu vos oriento para que tudo de bom vos ocorra.

      Oséias 6:6
      Afinal, o que desejo é o vosso amor, e não sacrifícios; entendimento quanto à pessoa de Elohim, Deus, mais que ofertas e holocaustos.

      Miquéias 6:6
      Sendo assim, com que eu devo me apresentar diante do SENHOR e como me curvarei perante Elohim, Deus exaltado? Deveria eu oferecer holocaustos, sacrifícios queimados, de bezerros de um ano?

  4. Ary José rodrigues disse:

    Ótima, e satisfatórias as explicações obrigado.

Escreva um comentário. Compartilhe sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s