Preciosidade da Oração Secreta

Meditação Matinal de Ellen White – O Cuidado de Deus, 1995.

25 de maio – Pág. 135 – Preciosidade da Oração Secreta

Confiai nEle, ó povo, em todos os tempos; derramai perante Ele o vosso coração; Deus é o nosso refúgio. Salmos 62:8.

Uma profunda intuição de nossa necessidade e um grande desejo de receber as coisas que pedimos, devem caracterizar nossas orações, do contrário não serão ouvidas. Não nos devemos, porém, cansar, deixando de fazer nossas petições porque não recebemos resposta imediata. “… se faz violência ao reino dos Céus, e pela força se apoderam dele” (Mateus 11:12). A violência de que aqui se fala é um santo fervor, como o manifestado por Jacó. Não precisamos tentar agitar-nos, na procura de uma sensação intensa; mas sim devemos, calma e persistentemente, elevar nossas petições ao trono da graça. Nossa obra é humilhar o coração perante Deus, confessando nossos pecados, e com fé nos aproximarmos de Deus. … É propósito de Deus revelar-Se em Sua providência e Sua graça. O objetivo de nossas orações tem de ser a glória de Deus, não nossa própria glorificação. …

Honrou-nos Deus, mostrando quão grande valor nos atribui. Somos comprados por um preço – o precioso sangue do Filho de Deus. Quando os por Ele adquiridos seguirem conscienciosamente a Palavra do Senhor, Sua bênção repousará sobre eles em resposta a suas orações. “Ainda assim, agora mesmo diz o Senhor: Convertei-vos a Mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto. E rasgai o vosso coração, e não as vossas vestes, e convertei-vos ao Senhor vosso Deus; porque Ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-Se, e grande em beneficência” (Joel 2:12 e 13). Review and Herald, 9 de fevereiro de 1897.

Na oração secreta deve a pessoa mostrar-se tal qual é, aos olhos perscrutadores de Deus. … Quão preciosa é a oração secreta – a pessoa comungando com Deus! A oração secreta só deve ser ouvida por Deus, que ouve orações. Nenhum ouvido curioso deve partilhar do assunto das petições. Calma, porém, fervorosamente, deve o espírito dilatar-se para Deus; e suave e permanente será a influência que procederá dAquele que vê em segredo, cujo ouvido está atento à oração que provém do coração. Aquele que, com fé simples, mantém comunhão com Deus, atrairá a si divinos raios de luz, que o fortalecerão e susterão no conflito com Satanás. Youth’s Instructor, 3 de novembro de 1898.

Anúncios

Sobre Ligado na Videira

Ligado na Videira
Esse post foi publicado em 1995 - O Cuidado de Deus, Ellen White, Meditação Matinal e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Escreva um comentário. Compartilhe sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s