Nossa Alta Vocação

Meditação Matinal de Ellen White – O Cuidado de Deus, 1995.

24 de junho – Pág. 164 – Nossa Alta Vocação

Pelo que não deixarei de exortar-vos sempre acerca destas coisas, ainda que bem as saibais e estejais confirmados na presente verdade. 2Pedro 1:12.

Não importa há quanto tempo estejamos caminhando na estrada da vida eterna, precisamos muitas vezes recordar as misericórdias de nosso Pai celestial para conosco, e tirar esperança e ânimo das promessas de Sua Palavra. … Pedro reconheceu o valor da constante vigilância na vida cristã, e sentiu-se impelido pelo Espírito Santo a impressionar os crentes com a importância de ter grande cuidado na vida diária. …

“Exortar-vos sempre” [“trazer-vos lembrados”, diz a tradução Revista e Atualizada.] Oh, se tão-somente mantivéssemos presentes estas coisas que pertencem ao nosso bem-estar eterno, não haveríamos então de empenhar-nos em nenhuma doidice ou falar ocioso! Está perante nós o trabalho de nossa vida. Cumpre-nos empregar diligência em fazer firme nossa vocação e eleição, dando atenção às claras instruções contidas na santa Palavra de Deus. …

Há muitas coisas erradas que permitimos que passem despercebidas, quando, por nossa conversação piedosa poderíamos dar um exemplo de bem-fazer, que seria permanente acusação aos malfeitores. Há um Céu a ganhar, e um inferno a evitar. Nas grandes igrejas de crentes… há especial perigo de baixar a norma. Onde muitos se reúnem, há mais probabilidade de se tornarem descuidosos e indiferentes alguns, que isso não fariam se estivessem isolados, tendo de ficar em pé sozinhos. Mas mesmo sob circunstâncias adversas podemos vigiar em oração, e dar exemplo de conversação piedosa, o que será poderoso testemunho em favor do direito.

O Senhor deseja que tomemos a sério o viver. Não podemos correr o risco de pronunciar palavras que haveriam de desanimar nossos companheiros de peregrinação no caminho cristão. Cristo deu a vida para que com Ele pudéssemos viver na glória. Através da eternidade Ele terá nas mãos as cicatrizes dos cruéis cravos, com os quais foi pregado à cruz do Calvário – e tudo isso para que tivéssemos vida eterna. …

Estamos agora preparando-nos para a vida futura e eterna; e logo, se permanecermos fiéis, veremos as portas da cidade de nosso Deus revolverem em seus gonzos resplendentes, para que entrem em sua herança eterna as nações que guardaram a verdade. Manuscrito 23, 1910.

Anúncios

Sobre Ligado na Videira

Ligado na Videira
Esse post foi publicado em 1995 - O Cuidado de Deus, Ellen White, Meditação Matinal e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Escreva um comentário. Compartilhe sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s