Intercessor Pessoal

Meditação Matinal de Ellen White – O Cuidado de Deus, 1995.

8 de junho – Pág. 149 – Intercessor Pessoal

Quem os condenará? Pois é Cristo quem morreu ou, antes, quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós. Romanos 8:34.

O Senhor Jesus é vosso intercessor pessoal. … Repeti sempre, muitas vezes durante o dia: “Jesus morreu por mim. Ele me viu em perigo, exposto à destruição, e derramou a vida para me salvar. Não é sem piedade que Ele contempla os que se prostram a Seus pés, trêmulos suplicantes, e portanto não deixará de me erguer”. Ele Se tornou o Advogado do homem. Tem erguido os que nEle creem, pondo-lhes à disposição uma casa de tesouros de bênçãos. Os homens não podem conceder a seus semelhantes uma bênção sequer, não podem remover uma única mancha do pecado. Unicamente o mérito e justiça de Cristo é que terão qualquer valor, mas esse mérito e essa justiça são colocados ao nosso crédito em rica plenitude. Podemos recorrer a Deus a todo momento. Ao nos volvermos a Ele, responde: “Aqui estou!”

Cristo Se proclama a Si mesmo nosso Intercessor. Deseja que saibamos que Ele graciosamente Se comprometeu a ser nosso Substituto. Coloca Seu mérito no incensário de ouro, para o oferecer com as orações de Seus santos, de modo que as orações de Seus queridos filhos possam ser misturadas com o Seu fragrante mérito, ao ascenderem ao Pai, na nuvem de incenso.

O Pai ouve cada oração de Seus filhos contritos. A voz das súplicas da Terra une-se à voz de nosso Intercessor, que pleiteia no Céu – voz que o Pai sempre ouve. Ascendam, pois, continuamente a Deus as nossas orações. Não se exprimam elas em nome de qualquer ser humano, mas em nome dAquele que é nosso Substituto e Penhor. Cristo nos deu Seu nome, para o usarmos. Diz Ele: “Pedi em Meu nome”. …

Jesus vos recebe e vos dá as boas-vindas, como amigos Seus. Ele vos ama; comprometeu-Se convosco, para abrir ante vós todos os tesouros de Sua graça, para deles vos apropriardes. Diz Ele: “Naquele dia, pedireis em Meu nome, e não vos digo que Eu rogarei por vós ao Pai, pois o mesmo Pai vos ama, visto como vós Me amastes e crestes que saí de Deus” (João 16:26 e 27). Diz Ele, virtualmente: Fazei uso de Meu nome, e ele será vosso passaporte para o coração de Meu Pai, e para todas as riquezas de Sua graça. Carta 92, 1895.

Anúncios

Sobre Ligado na Videira

Ligado na Videira
Esse post foi publicado em 1995 - O Cuidado de Deus, Ellen White, Meditação Matinal e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Escreva um comentário. Compartilhe sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s