Segurança Infalível

Meditação Matinal de Ellen White – O Cuidado de Deus, 1995.

3 de outubro – Pág. 261 – Segurança Infalível

Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos conduzirem à justiça, como as estrelas, sempre e eternamente. Daniel 12:3.

Muitos, uma grande multidão, serão terrivelmente surpreendidos quando o Senhor vier subitamente como um ladrão na noite. Vigiemos e oremos para que, vindo subitamente, Ele não nos encontre dormindo. Minha alma está profundamente agitada ao considerar eu o quanto deveríamos realizar pelos que estão a perecer. A predição de Daniel, “muitos o esquadrinharão, e o saber se multiplicará” (Daniel 12:4), deve cumprir-se no darmos a mensagem de advertência; muitos devem ser iluminados com respeito à segura palavra da profecia. …

A salvação das pessoas deveria ser nossa primeira consideração. Fico perturbada quando vejo muitos se regozijando na prosperidade temporal, pois aqueles que possuem tesouros terrestres raramente buscam com fervor assegurar-se dos celestiais. Estão em perigo de cair em tentação, em ardis, e em muitas paixões insensatas e danosas que submergem o homem em destruição. Para aqueles que buscam o tesouro celestial há uma alegre e encorajadora perspectiva em reserva. …

Precisamos de uma dependência mais firme do “Assim diz o Senhor”. Se tivermos isto não confiaremos em sentimentos e nem seremos regidos por eles. Deus nos pede que descansemos em Seu amor. É nosso privilégio conhecer a Palavra de Deus como um guia seguro e provado, uma segurança infalível. Ocupemo-nos com o lado de fé da questão. Creiamos e confiemos, e falemos de fé e esperança e coragem, Que o louvor de Deus esteja em nossos corações e sobre nossos lábios mais freqüentemente do que se dá. “O que Me oferece sacrifício de ações de graça, esse Me glorificará” (Salmos 50:23). Que a mente se demore em Deus e conheça o amor de Cristo como a Palavra de Deus o revela.

É nosso privilégio repousar numa fé ativa e viva em Cristo como Aquele que concede vida. É nosso privilégio compreender com todos os santos qual é a largura e profundidade e altura, e conhecer o amor de Deus que excede todo entendimento, e sermos enchidos com toda a plenitude de Deus. Contemplemos a Cristo como Aquele em quem habita toda a plenitude. Contemplando-O como nosso Salvador, apreciaremos o valor de Sua graça salvadora. Deveríamos pensar em Jesus mais do que o fazemos. Deveríamos ter o Seu louvor em nosso coração. Deveríamos falar do amor que tem sido tão abundantemente expresso por nós. Certamente temos toda razão de louvar a Deus…

Exaltai-O, o Cristo do Calvário; exaltai-O para que o mundo O contemple. Falai de Sua bondade, cantai de Seu amor, e oferecei-Lhe a total gratidão de vossos corações. Carta 12, 1897.

Anúncios

Sobre Ligado na Videira

Ligado na Videira
Esse post foi publicado em 1995 - O Cuidado de Deus, Ellen White, Meditação Matinal e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Escreva um comentário. Compartilhe sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s