Vazio de si Mesmo

Meditação Matinal de Ellen White – Vidas Que Falam, 1971.

25 de julho – Pág. 212 – Vazio de si Mesmo

Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não chovesse, e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra. E orou outra vez, e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto. Tiago 5:17 e 18.

Lições importantes nos são apresentadas na experiência de Elias. Quando, no Monte Carmelo, fez oração para que chovesse, foi provada sua fé, mas ele perseverou em fazer conhecida a Deus sua petição. … Tivesse cedido ao desânimo na sexta vez, sua oração não teria sido atendida, mas perseverou até que viesse a resposta. Temos um Deus cujos ouvidos não se acham fechados às nossas petições; e se provarmos Sua Palavra, Ele honrará nossa fé. Quer Ele que todos os nossos interesses estejam entretecidos com os Seus interesses, e então sem risco nos abençoará, pois não daremos a nós mesmos a glória, quando a bênção nos pertencer, mas daremos a Deus todo o louvor. Deus nem sempre atende às nossas orações na primeira vez que O invocamos, pois se assim fizesse, poderíamos achar muito natural termos direito a todas as bênçãos e favores que nos concedeu. Em vez de esquadrinharmos o coração, para ver se entretivemos qualquer mal, se condescendemos com qualquer pecado, tornar-nos-íamos descuidadosos, deixando de reconhecer nossa dependência dEle e nossa necessidade de Seu auxílio.

Elias humilhou-se até estar em condições de não atribuir a si mesmo a glória. Esta é a condição sob a qual o Senhor ouve a oração, pois então daremos a Ele o louvor. O costume de elogiar os homens é dos que resultam em grande mal. Um elogia o outro, e assim os homens são levados a julgar que lhes cabe glória e honra. Quando exaltais o homem, pondes um laço a sua alma, e fazeis justamente o que Satanás deseja. … Deus, unicamente, é digno de ser glorificado. Comentário Bíblico Adventista, vol. 2, págs. 1146 e 1147.

Quando Elias esquadrinhou o coração, pareceu-lhe decrescer cada vez mais, em sua própria estima e aos olhos de Deus. Pareceu-lhe não ser nada, e Deus ser tudo; e quando chegou a ponto de renunciar ao próprio eu, ao mesmo tempo que se apegava ao Salvador como sua única força e justiça, veio então a resposta. Comentário Bíblico Adventista, vol. 2, pág. 1147. Veja o comentário da Lição da Escola Sabatina para hoje – clique aqui.

Anúncios

Sobre Ligado na Videira

Ligado na Videira
Esse post foi publicado em 1971 - Vidas Que Falam, Ellen White, Meditação Matinal e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Vazio de si Mesmo

  1. Marleide Ferreira disse:

    Extasiada com tanta verdade!

Escreva um comentário. Compartilhe sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s