Liquidado

Meditação Matinal de Ellen White – Vidas Que Falam, 1971.

6 de julho – Pág. 193 – Liquidado

Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de aborrecer-se de um e amar ao outro, ou se devotará a um e desprezará ao outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas. Mateus 6:24.

Tão gradual foi a apostasia de Salomão que antes que dela se advertisse, tinha-se afastado de Deus. Quase imperceptivelmente começara a confiar cada vez menos na divina guia e bênção, e a pôr a confiança em sua própria força. …

Dominado por um subjugante desejo de superar outras nações em exibições exteriores, o rei subestimou a necessidade de adquirir beleza e perfeição de caráter. Procurando glorificar-se a si mesmo perante o mundo, vendeu sua honra e integridade. … O espírito considerado, consciencioso, que lhe havia assinalado o trato com o povo durante a primeira parte de seu reinado, estava agora mudado. Do mais sábio e mais misericordioso dos reis, ele se degenerou num tirano. Outrora guardião do povo, compassivo e temente a Deus, tornara-se opressor e despótico. Profetas e Reis, págs. 55 e 56.

Os possuidores de dinheiro devem aprender uma lição da história de Salomão. Os que são competentes estão em constante perigo de pensar que dinheiro e posição lhes garantirão o respeito, e que não precisam ser muito exatos. Mas a exaltação própria é apenas uma bolha de sabão. Abusando dos talentos que lhe foram concedidos, Salomão apostatou de Deus. Quando Deus concede prosperidade aos homens, devem eles precaver-se de seguir as imaginações de seu coração, para não porem em perigo a simplicidade de sua fé e deteriorarem sua experiência religiosa. Manuscrito 40, 1898.

A lição que nos toca aprender da história daquela vida pervertida é a necessidade de confiar continuamente nos conselhos de Deus; vigiar cuidadosamente a tendência de nosso procedimento, e reformar todo e qualquer hábito tendente a nos afastar de Deus. Ensina-nos que são necessários grande cuidado, vigilância e oração para manter incontaminada a simplicidade e pureza de nossa fé. Se queremos subir à mais elevada excelência moral, e alcançar a perfeição do caráter religioso, quanto discernimento devemos usar na formação de amizades, e na escolha do companheiro para a vida! Comentário Bíblico Adventista, vol. 2, pág. 1142. Veja o comentário da Lição da Escola Sabatina para hoje – clique aqui.

Anúncios

Sobre Ligado na Videira

Ligado na Videira
Esse post foi publicado em 1971 - Vidas Que Falam, Ellen White, Meditação Matinal e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Escreva um comentário. Compartilhe sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s