A Voz da Experiência

Meditação Matinal de Ellen White – Vidas Que Falam, 1971.

10 de julho – Pág. 197 – A Voz da Experiência

Alegra-te, jovem, na tua juventude, e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade; anda pelos caminhos que satisfazem ao teu coração e agradam aos teus olhos; sabe, porém, que de todas estas coisas Deus te pedirá contas. Eclesiastes 11:9.

A lição por ser aprendida da vida de Salomão tem uma singular influência moral sobre a vida dos idosos, dos que já não estão mais subindo a montanha mas sim descendo, e olhando o sol poente. Esperamos constatar defeitos no caráter dos jovens que não são controlados pelo amor e a fé em Jesus Cristo. Vemos jovens hesitando entre o bem e o mal, vacilando entre princípios consagrados e a fortíssima corrente do mal que os está derrubando e levando à ruína. Mas dos de idade madura esperam-se coisas melhores. Neles esperamos ver o caráter firmado, arraigados princípios, e que estejam para além do perigo da corrupção. Mas o caso de Salomão está perante nós como um farol de advertência. Quando tu, idoso peregrino que combateste o combate da vida, pensas que estás em pé, cuida não caias. Como, no caso de Salomão, o caráter fraco e vacilante, por natureza ousado, firme e resoluto, foi agitado qual cana ao vento, sob o poder do tentador! Como um antigo, retorcido cedro do Líbano, um robusto carvalho de Basã, curvou-se ante o vendaval da tentação! Que advertência para todos os que desejam salvar a vida vigiarem continuamente em oração! Que admoestação para manter sempre no coração a graça de Cristo, combatendo a corrupção interna e as tentações externas! Comentário Bíblico Adventista, vol. 2, págs. 1142 e 1143.

Que ninguém se aventure no caminho do pecado como ele o fez, na esperança de que se possa também recuperar. Com o pecado só se pode condescender com o risco de perda infinita. Mas ninguém que tenha caído precisa entregar-se ao desespero. Homens idosos, outrora honrados por Deus, podem ter manchado o caráter, sacrificando a virtude no altar da concupiscência; mas ainda há para eles esperança, se se arrependerem, abandonarem o pecado e se volverem para Deus.

O abuso de talentos nobres, no caso de Salomão, deve servir de advertência a todos. A bondade, unicamente, é verdadeira grandeza. Carta 8b, 1891. Veja o comentário da Lição da Escola Sabatina para hoje – clique aqui.

Anúncios

Sobre Ligado na Videira

Ligado na Videira
Esse post foi publicado em 1971 - Vidas Que Falam, Ellen White, Meditação Matinal e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Escreva um comentário. Compartilhe sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s