Relembrando a Bondade de Deus

Meditação Matinal de Ellen White – Olhando Para o Alto, 1983.

16 de fevereiro – Pág. 55 – Relembrando a Bondade de Deus

O que oferece sacrifício de ações de graça, esse Me glorificará; e ao que prepara o seu caminho, dar-lhe-ei que veja a salvação de Deus. Salmos 50:23.

[Deus] deseja que apreciemos o grande plano da redenção, consideremos nosso elevado privilégio como povo de Deus, e andemos diante dEle em obediência, com ações de graças. Ele deseja que O sirvamos em novidade de vida, com contentamento todo dia. Ele anseia ver gratidão brotando em nossos corações porque temos acesso ao propiciatório, o trono de graça, porque nossos nomes estão escritos no livro da vida do Cordeiro, porque podemos lançar todo o nosso cuidado sobre Aquele que cuida de nós. Ele nos insta a regozijar-nos porque somos a herança do Senhor, porque a justiça de Cristo é a veste de Seus santos, porque temos a bendita esperança da breve vinda de nosso Salvador.

Louvar a Deus em inteireza e sinceridade de coração é tanto um dever quanto o é a oração. Devemos mostrar a todas as inteligências celestiais que apreciamos o maravilhoso amor de Deus pela caída humanidade e que estamos esperando maiores e mais amplas bênçãos de Sua infinita plenitude. Muito mais do que o fazemos, precisamos falar dos preciosos capítulos em nossa experiência. Após um especial derramamento do Espírito Santo, nossa alegria no Senhor e nossa eficiência em Seu serviço aumentarão grandemente pelo recordar Sua bondade e Suas obras maravilhosas em benefício de Seus filhos.

Tal testemunho terá uma influência sobre outros. Não há meios mais eficazes que possamos, empregar para ganhar pessoas para Cristo. E nosso amor deve ser revelado, não somente em palavras, mas em atos, em ministério pessoal e sacrifício. Cristo declara “nem todo o que Me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos Céus, mas aquele que faz a vontade de Meu Pai, que está nos Céus” (Mateus 7:21).

Em Sua oração ao Pai, Ele disse de Seus discípulos: “Assim como Tu Me enviaste ao mundo, também Eu os enviei ao mundo” (João 17:18).

E, pelo Espírito Santo mediante o apóstolo Pedro somos admoestados: “Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus” (1Pedro 4:10).

Assim é que Deus deseja cumprir por nós Seu propósito de graça. Pelo poder de Seu amor, mediante obediência, o homem caído, um verme do pó, deve ser transformado, habilitado a ser um membro da família celestial, um companheiro através das eras eternas de Deus e Cristo e dos santos anjos. O Céu triunfará pois as vagas deixadas pelos anjos caídos de Satanás e sua hoste serão preenchidas pelos redimidos do Senhor. Manuscrito 21, 1900.

Anúncios

Sobre Ligado na Videira

Ligado na Videira
Esse post foi publicado em 1983 - Olhando Para o Alto, Ellen White, Meditação Matinal e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Escreva um comentário. Compartilhe sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s