Uma Presença Terna e Misteriosa

Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959.

17 de fevereiro – Pág. 54 – Uma Presença Terna e Misteriosa

O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito. João 3:8.

A grandeza de Deus é-nos incompreensível. “O trono do Senhor está nos Céus” (Salmos 11:4); não obstante, pelo Seu Espírito Santo, está Ele presente em toda parte. Tem conhecimento íntimo de todas as obras de Suas mãos e interesse pessoal em todas elas. …

Foi o Criador de todas as coisas … que criou a o ser humano, com sua capacidade para saber e amar. E Ele não é por natureza de molde a deixar não satisfeitos os anelos do coração. Nenhum princípio intangível, nenhuma essência impessoal ou simples abstração poderia satisfazer às necessidades e anelos dos seres humanos nesta vida de lutas com o pecado, tristeza e dor. Não basta crermos na lei e na força, em coisas que não têm piedade ou nunca ouvem o brado por auxílio. Precisamos saber acerca de um braço Todo-poderoso que nos manterá, e de um Amigo infinito que tem piedade de nós. Necessitamos agarrar-nos a uma mão aquecida pelo amor, confiar em um coração cheio de ternura. E efetivamente assim Deus Se revelou em Sua Palavra. Educação, págs. 132 e 133.

As coisas espirituais discernem-se espiritualmente. … Os sábios segundo o mundo têm procurado explicar, baseados em princípios científicos, a influência do Espírito de Deus sobre o coração. O mínimo passo nessa direção introduzirá a alma no labirinto do ceticismo. Testemunhos Seletos, vol. 1, págs. 576, 583 e 584.

A natureza do Espírito Santo é um mistério. Os homens não a podem explicar, porque o Senhor não lho revelou. Com fantasiosos pontos de vista, podem-se reunir passagens da Escritura e dar-lhes um significado humano; mas a aceitação desses pontos de vista não fortalecerá a igreja. Com relação a tais mistérios – demasiado profundos para o entendimento humano – o silêncio é ouro. Atos dos Apóstolos, pág. 52.

Anúncios

Sobre Ligado na Videira

Ligado na Videira
Esse post foi publicado em 1959 - A Fé Pela Qual Eu Vivo, Ellen White, Meditação Matinal e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Escreva um comentário. Compartilhe sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s