Comeremos da Árvore da Vida

Meditação Matinal de Ellen White – Minha Consagração Hoje, 1953 e 1989.

17 de dezembro – Pág. 355 – Comeremos da Árvore da Vida

No meio da sua praça e de uma e da outra banda do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês, e as folhas da árvore são para a saúde das nações. Apocalipse 22:2.

Do trono provinha um rio puro de água, e de cada lado do rio estava a árvore da vida. … Seu fruto era esplêndido; tinha o aspecto de ouro, de mistura com prata. Primeiros Escritos, pág. 17.

O fruto da árvore da vida no jardim do Éden possuía virtude sobrenatural. Comer dele era viver para sempre. Seu fruto era o antídoto da morte. Suas folhas eram para o sustento da vida e da imortalidade. Medicina e Salvação, pág. 233.

Depois da entrada do pecado o Cultivador celestial transplantou a árvore da vida para o Paraíso celestial. Testemunhos Para a Igreja, vol. 8, pág. 288.

Os santos remidos, que aqui houverem amado a Deus e observado os Seus mandamentos, entrarão pelas portas da cidade, e terão direito à árvore da vida. Dela comerão livremente, como nossos primeiros pais, antes da queda. As folhas daquela árvore frondosa e imortal será para a cura das nações. Todos os seus ais terão desaparecido. Nunca mais sofrerão doença, tristeza ou morte, pois foram curados pelas folhas da árvore da vida. Jesus, então, verá o trabalho da Sua alma e ficará satisfeito, quando os remidos que estiveram sujeitos à tristeza, aos trabalhos e aflições, que gemeram sob a maldição, se reunirem ao redor da árvore da vida, para comer o seu fruto imortal, a que nossos primeiros pais perderam todo o direito, quando transgrediram os mandamentos de Deus. Não haverá perigo de jamais perderem novamente o direito à árvore da vida, pois aquele que tentou nossos primeiros pais a pecar será destruído pela segunda morte. The Youth’s Instructor, outubro de 1852.

Na árvore da vida havia belíssimo fruto, do qual os santos poderiam participar livremente. … A linguagem mais exaltada não consegue descrever a glória do Céu, ou as profundidades incomparáveis do amor de um Salvador. Primeiros Escritos, pág. 289.

Anúncios

Sobre Ligado na Videira

Ligado na Videira
Esse post foi publicado em 1953 - Minha Consagração Hoje, 1989 - Minha Consagração Hoje, Ellen White, Meditação Matinal e marcado , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Comeremos da Árvore da Vida

  1. Eleandro de Almeida disse:

    Há um jogo de palavras aparentemente incoerente. Quando os remidos tiverem acesso a árvore da vida, estarão transformados e glorificados, ou seja, terão corpos e mentes perfeitas. Como poderia as propriedades da árvore da vida curar? Deveríamos interpretar curar, como manter a vida e a saúde?

    Curtir

    • Sim! Como é o caso de ruas de ouro. Por que ouro, se até para a pedra Deus disse “é muito bom”? Por que muros, se não haverá ladrões?
      Talvez, como você disse, porque teremos saúde por toda a eternidade, e a cidade seja de um valor incalculável, e de uma segurança tamanha que nunca mais o pecado se levantará.
      Irmão, conversar a respeito do Jardim do Éden antes do pecado, e sobre o novo Céu e a nova Terra, como é complicado! Faltam palavras. Falta compreensão.
      Mas, mesmo assim, é muito bom.

      Carlos Bitencourt
      Cascavel-Paraná

      Curtir

Escreva um comentário. Compartilhe sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.